quarta-feira, maio 31, 2006

SNESup errou

Lisboa, 30 Mai (Lusa) - O Sindicato Nacional do Ensino Superior (SNESup) pediu hoje ao Governo que alerte os professores portugueses em Timor-Leste para o "perigo que correm", defendendo que os docentes "não têm a percepção exacta do risco" de permanecer no país.

Sou professor do Ensino Superior em Dili e nao passei procuracao ao Sindicato Nacional do Ensino Superior para - la em Lisboa! - decidir se eu tenho ou nao percepcao exacta do risco que corro. Estou consciente de que ha riscos em pernanecer, mas nao me lembro de o SNESup fazer comunicados destes aquando dos motins recentes na Franca ou durante as decadas que durou a guerra civil angolana, por exemplo, em que havia uma situacao de guerra real - coisa bem diferente do que esta a acontecer em Dili neste momento. A Cooperacao Portuguesa tem ajudado os docentes que partiram nos ultimos dias (por os seus contratos terem terminado ou por terem decidido partir por vontade propria) fornecendo transporte seguro ate ao aeroporto e tratando de questoes relativas a antecipacao de datas dos bilhetes. Ninguem esta ca contra a sua vontade, mas por opcao propria, porque acreditamos no que estamos a fazer.

4 comentários:

Iolas disse...

Olá amigo! Como vês estou super preocupada contigo!Mas, ainda bem que está tudo bem. Vi-te na RTP1 e continuas igual! As boas pessoas não mudam, continuam com o seu coração intacto. E como tu que estás sempre no meu coração. Força, amigo!!

Iolas disse...

UM abraço amigo! Estás sempre no meu coração.

Anónimo disse...

só para madar 1 abraço do teu cunhadito...e desejar boa sorte, e q corra tudo bem por ai...

fika bem...

Rui

Iolas disse...

boa sorte para o teu casamento. Sejam felizes!!!