quinta-feira, dezembro 13, 2007

Irá a tradução passar a ser um negócio da China?

Num fórum de debate de tradutores na Internet encontrei há dias as inquietações de alguns profissionais que temem que haja empresas a começar a fazer outsourcing de traduções português-inglês-português para a China, onde o preço por palavra é muito mais baixo do que no Ocidente. É verdade que há muitos chineses a aprender a língua portuguesa, nomeadamente para irem investir e obter matérias-primas nos PALOP, mas vendo um exemplo de uma tradução made in China – ler abaixo – eu diria que não há por enquanto razão para preocupação. Nenhuma empresa minimamente consciente da importância da sua imagem no mercado vai entregar trabalho a tradutores que produzam preciosidades como esta.
(clicar na imagem para ler)


2 comentários:

Anónimo disse...

Exemplos como este há muitos.
Em quase todos, senão mesmo em todos os produtos Made in China se repete esta "inintelegilibidade" dos folhetos. E não há ninguém que ponha mão nisto? É que qualquer dia pode também chegar aos medicamentos...

A.

M. disse...

É realmente um 'must' ... Quanto às empresas ... bem, há empresas e empresas.